Mestres

Ku Yu Cheong

Grão-mestre Ku Yu Cheong

Nascido em 1894, desde criança já treinava com seu pai Ku Lei Chi, que era mestre nos estilos Tam Tui e Ch'a Chuen. Quando tinha apenas doze anos, seu pai foi acometido por uma doença grave e faleceu, mas não antes de aconselhar o filho a seguir seu treinamento com o mestre Yin Kai Yun. Ku Yu Cheong tornou-se então discípulo do mestre Yin Kai Yun, de quem herdou o estilo dos "10 Caminhos de Shaolin", a técnica de Chi Kung conhecida como "O Pequeno Sino de Ouro" e a famosa "Palma de Ferro". Aprendeu também outros grandes estilos dos principais mestres de seu tempo: Lee Kim Lam (estilo Pa Chi), Sun Lu Tang (estilo Pa Kua) e Chin Hsiah Teah (estilo Hsing-I). Ao final, abriu sua própria escola que chamou de Shaolin do Norte.

Grão-mestre Ku Yu Cheong executando a técnica da Palma de Ferro

Ku Yu Cheong era conhecido como o primeiro dos "cinco tigres do norte", e se tornou famosíssimo pelo domínio do Siu Cant Son (“O Pequeno Sino de Ouro”) integral, técnica de Chi Kung que lhe permitia façanhas como quebrar pilhas de 12 tijolos apoiados diretamente no solo, suportar o peso de um automóvel sobre o abdome, ou ainda suportar quatro homens sobre uma pedra em seu corpo (aproximadamente 300kg) apoiado apenas na cabeça e nos pés, em forma de "ponte".


Yim Sheung Mo

Grão-mestre Yim Sheung Mo

Nascido em 1882, Yim Sheung Mo tornou-se mestre no estilo de Hung Gar. Aos 35 anos perdeu um combate para Ku Yu Cheong e abandonou seu estilo para se tornar aluno de seu adversário. Com o passar dos anos, destacou-se a ponto de se tornar um de seus três herdeiros no estilo Shaolin do Norte. A exemplo de Ku Yu Cheong, Yim Sheung Mo também estudou os principais estilos dos grandes mestres de seu tempo: Tam Sam (estilo Bak Sing Choy-Li-Fat) e Wong Lai Shen (estilos Zhuran Men e Luo Hap), outro dos 5 Tigres do Norte e que aprendeu de Du Qing Wu (Zhuran Men) e de Chiu Yam Chao (Luo Hap).

Grão-mestre Yim Sheung Mo executando uma luta combinada

Assim como Ku Yu Cheong, Yim Sheung Mo também tornou-se famoso por suas habilidades marciais. Conta-se que certa vez furou uma xícara de porcelana com seu dedo médio sem nem mesmo mover a xícara do lugar. Outra história famosa conta o momento em que o mestre fez uma visita amistosa aos seus antigos colegas de Hung Gar. Lá, os praticantes de seu antigo estilo falavam com ele de forma irônica por ter abandonado o Hung Gar para treinar Shaolin do Norte. Na saída, após se despedir, Yim Sheung Mo abriu um buraco na parede com sua cabeça e então foi embora sem dizer uma única palavra. Graças ao seu treinamento de Chi Kung marcial, tornou-se conhecido pelo apelido Yim "Cabeça-de-Ferro".

Grão-mestre Yim Sheung Mo demonstrando técnicas de Tui Shou

A conselho de Ku Yu Cheong, mudou-se para Hong Kong em 1952 devido aos problemas políticos que a China enfrentava. Lá, foi recebido e hospedado na casa da família Chan, onde começou a dar aulas. Dentre os diversos alunos de Yim Sheung Mo ao redor do mundo (Chan Ning Ling, Choy Ning, Au Wing I, Wong Chia Man, Kwok Wing Lam, entre outros), aquele que mais se destacou, tornando-se herdeiro de suas técnicas, foi o mestre Chan Kowk Wai.


Chan Kowk Wai

Grão-mestre Chan Kowk Wai executando a forma do Tigre de Choy Li Fut

Nascido em 1935, Chan Kowk Wai começou a treinar com apenas 4 anos de idade. O menino assistia escondido as aulas de Choy Li Fut do Mestre Chan Cheok Sing, até ser encontrado por um aluno do mestre. Ao ver as habilidades que o garoto apresentava, Chan Cheok Sing não o repreendeu e o tomou como seu aluno.

Chan Kowk Wai permaneceu na província de Cantão treinando Choy Li Fut até sua adolescência, quando por motivos políticos do país teve que mudar-se para Hong Kong. Lá, aprendeu o estilo Lo Han com seu tio, o mestre Ma Kim Fong.

Grão-mestre Chan Kowk Wai executando forma de Ba Gua (Pa Kua)

Em 1952 o mestre Yim Sheung Mo veio para Hong Kong, onde hospedou-se na casa da família Chan e começou a ministrar aulas. O ainda jovem Chan Kowk Wai aproveitou a oportunidade para tornar-se seu aluno e assim aprender o estilo Shaolin do Norte com o mestre Yim Sheung Mo, com quem treinava dia e noite. Sua dedicação foi tão intensa que tornou-se herdeiro do estilo Shaolin do Norte, das técnicas de Chi Kung marcial e massagem curativa.

Grão-mestre Chan Kowk Wai em postura do gato

Apresentado por seu mestre Yim Sheung Mo, Chan conheceu diversos outros mestres famosos da China, aprendendo muitos de seus estilos: Louva-a-Deus Sete Estrelas (Mestre Won Hong Fan), Garra de Águia (Mestre Ching Jim Man) e Hung Sing Choy Li Fut (Yim You Chin). Graças à sua dedicação e incrível habilidade, Chan Kowk Wai tornou-se famoso e respeitado dentro e fora da China.

Em 1960, quase uma década depois, mestre Chan Kowk Wai mudou-se para o Brasil e fundou o Centro Social Chinês, onde ministrou aulas por mais de 10 anos. Em 1973, fundou a Academia Sinobrasileira de Kung Fu, até hoje matriz de várias academias por todo o Brasil e até mesmo no exterior.


Lee Chun Deh

Mestre Lee Chun Deh

Em 1966, Lee Chun Deh chegou ao Brasil e foi morar em São Paulo. Junto com alguns amigos da colônia chinesa, decidiu procurar um treinamento de arte marcial chinesa e logo encontrou a escola do mestre Chan Kowk Wai, onde começou a ter aulas do estilo Shaolin do Norte diretamente com o grão-mestre.

Praticamente 10 anos depois, em 1975, graças à sua intensa dedicação ao Kung Fu, Lee foi escolhido para vir para o sul e difundir a arte. Lee, que já era professor naquela época, trancou seu curso na faculdade e imediatamente partiu para Porto Alegre, onde começou a dar aulas. No ano seguinte, fixou residência em Florianópolis e passou a dividir-se ensinando em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

Mestre Lee Chun Deh

As dificuldades de lecionar em 3 estados diferentes se tornaram cada vez maiores, e mestre Lee Chun Deh viu-se obrigado a deixar as resposabilidades de algumas de suas academias para seus alunos mais antigos. Por alguns anos residiu em Porto Alegre, mas em 1983, ao concluir o curso de Pedagogia, mudou-se definitivamente para Curitiba. Hoje, mestre Lee Chun Deh reside em São Paulo.


Jorge Jung

Mestre Jorge Jung

Jorge Jung começou a praticar o Kung Fu Wushu em 1975, ainda aos 17 anos de idade, quando o mestre Lee Chun Deh veio para Porto Alegre difundir a arte. Jorge Jung foi um dos primeiros alunos de Lee Chun Deh, e destacou-se de forma incomparável.

Dedicando-se exclusivamente ao Kung Fu, Jorge Jung formou-se cedo no estilo, sendo designado pelo mestre Lee Chun Deh inclusive para difundir o estilo em outros estados. Quando seu mestre deixou o Rio Grande do Sul e foi para Santa Catarina e Paraná, mestre Jorge Jung ficou responsável pela academia no centro de Porto Alegre onde leciona ainda hoje.

Mestre Jorge Jung é responsável pela formação de grande parte dos professores de Kung Fu Wushu do Rio Grande do Sul, tendo deixado um legado que continua crescendo cada vez mais.